Sobre o Guetu

O GUETU - Grupo de Estudos e Pesquisas em Etnografias Urbanas está vinculado à Universidade Federal da Paraíba e atualmente é coordenado pelos professores Marco Aurélio Paz Tela e Luciana Maria Ribeiro de Oliveira. O grupo foi fundado em 2008 com o objetivo de reunir estudantes, pesquisadores e professores no campo das ciências sociais e áreas afins interessados em discutir questões relacionadas aos modos de vida urbanos e práticas culturais vivenciados nas cidades e na relação entre campo e cidade observados a partir das experiências etnográficas desenvolvidas pelos membros vinculados ao grupo. Atualmente seu maior interesse é a produção e refinamento de dados etnográficos sobre cidades e modos de vida urbano em cidades da Paraíba e do Nordeste do Brasil; suas atividades tão organizadas em três linhas de pesquisa:

Manifestações Urbanas e Audiovisual: A linha tem como objetivo realizar pesquisas etnográficas audiovisuais nos espaços da cidade, construindo narrativas imagéticas sobre a relação entre indivíduos ou grupos e o espaço da cidade. Abarca grandes áreas temáticas, tais como: dinâmicas urbanas; usos e contra usos da cidade; espaços públicos e privados; processos de urbanização; visualidades e expressões artísticas urbanas.
Integrantes: Claudionor Araujo, Deyse Brandão, Eduardo Donato, Cesar Matos Formiguinha, Jocélio Oliveira, Juliana Crelier, Lara Santos de Amorim, Luana Maia, Paulo Rossi, Thiago Cunha.


Marcadores Sociais da Diferença: Esta linha tem como propósito a produção de reflexões que tomem como foco relações de desigualdades, hierarquias e processos de construção da diferença e seus efeitos entre pessoas em diferentes escalas da vida urbana. A ênfase recairá principalmente no modo como marcadores de etnia, raça, gênero, sexualidade e classe social são acionados e manipulados por essas pessoas para produzir identificações, movimentos de aproximação e distanciamento.
Integrantes: Ana Valeria Salza, Bianca Rodrigues, Ed, Ivandieli Menezes, Luciana Ribeiro, Thiago Oliveira, Verônica Guerra.

Apropriações e Interações em Espaços Públicos - sociabilidades e lazer: Atenta aos diversos sentidos atribuídos à cidade contemporânea, a referida linha de pesquisa propõe investigar e discutir as várias formas de sociabilidade e modos de apropriação e produção do espaço urbano. Pretende-se, portanto, ampliar o debate acerca da cidade de diferentes escalas a partir das redes de interações, cotidiano, usos dos espaços públicos, intervenções urbanas, concepções de lazer, práticas consideradas subversivas e/ou ilícitas dos diferentes estilos de vida de grupos e coletivos sociais.
Integrantes: Anny Glayni, Ana Carol Paz Paz, Claudiovan Silva, Daniela Sales, Diogo, Jaquisandro Ferreira, Marco Aurélio Paz Tella, Níobe Henriques, Sarayna Martins.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Como participar das reuniões do grupo. Sou aluna da pos-graduação de psicologia de saúde da UEPB e desejo aprofundar os meus conhecimentos nas pesquisas etnográficas, não vi nenhum contato na página. Desde já agradeço a atenção!

    ResponderExcluir